24.2.13






é assim que tu me fazes sentir: num rodopio, onde os teus braços são a minha segurança.



Sem comentários: