4.6.12

pedaços de mim.





Tudo o que a vida tem de mais natural enche-me a alma, por vezes dou por mim a flutuar neste respirar inconsciente, sorriso ingénuo e nas pessoas. talvez seja altura de abrandar o ritmo. talvez seja altura de dar tudo de mim. talvez seja altura de me deixar levar.

Sem comentários: